Quais Exercícios São Proibidos Para Quem Tem Varizes Nas Pernas?

Quais Exercícios São Proibidos Para Quem Tem Varizes Nas Pernas

Quem possui varizes nas pernas e é assíduo por atividades físicas, tais como Musculação, Corrida ou Pilates, têm questionamentos sobre a possibilidade da realização dos movimentos ou exercícios físicos. Uma vez que, tal dúvida provém de possíveis relatos de pacientes, os quais performaram determinados treinos e, infelizmente, aumentou-se as veias nas pernas, ou seja, as famosas ‘’teias de aranha’’.

Portanto, hoje, serão respondidas as principais dúvidas e daremos dicas elementares sobre o treinamento adequado às varizes. Ademais, demonstrar-se-á alternativas caso você tenha limitações nos exercícios propostos por nossa equipe.

O que você pode ou não fazer

Primeiramente, as varizes nas pernas possuem forte correlação com pessoas com baixa atividade física diária, sedentários, ou exemplos da literatura médica: ficar sentado por longas horas, ficar de pé por longos períodos, fatores hereditários e gravidez [1].
No entanto, se você tem tendência às varizes nas pernas, existem algumas sugestões para amenizá-las ou reduzi-las. Esses princípios, inquestionavelmente, manterão suas varizes saudáveis.

Exercícios Físicos São a Alterativa Fundamental

Exercícios são a resposta a muitos problemas de ordem idiopática ou de saúde. Entretanto, há certas modalidades que são vetadas a você, querido leitor. Exercícios que trabalham as panturrilhas, são excelentes meios para redução das varizes, já que eles possibilitam a circulação venosa nas veias próximas ao músculo. Assim, panturrilhas fortes minimizam as varizes.
Agora, vejamos quatro sugestões de exercícios:

Caminhadas Leves

A melhor opção é caminhar. Caminhadas leves tem pouco estresse articular e alongam as panturrilhas, assim promovendo a circulação venosa na panturrilha, o que, portanto, sugere-se na maioria dos pacientes essa atividade.
Recomenda-se, no mínimo, 25 minutos de caminhada diária. Ela deve ser realizada com tênis apropriado ao exercício. Além disso, a frequência semanal sugerida é de 6 dias na semana.

Bicicleta Spinning

Outra poderosa atividade aeróbica de baixo impacto para as articulações. Ela também promoverá a circulação venosa nas panturrilhas e, além disso, auxiliará no tônus muscular das pernas.
Recomenda-se 30 minutos diariamente e 5 vezes na semana.

Corrida

Corrida ou trote são ótimos exercícios que deixam as panturrilhas em movimento, mas poderá ter algumas consequências, pois é de alto impacto articular. Na hipótese de você possuir problemas nos joelhos ou pouco condicionamento físico: não corra. Do contrário corra.
Recomenda-se 20 minutos com frequência de 4 vezes.

Musculação

É polêmico, eu sei. Entenda: Os treinos de perna promovem muita movimentação sanguínea nos músculos. Aonde esse sangue circula das pernas ao coração, o que é ótimo. Assim, quando se treina os membros inferiores, a corrente sanguínea aumenta a pressão nos vasos, o que, por sua vez, reduz o fluxo causador das varizes.
Mesmo com esse benefício, levantamento de peso não é classificado, consoante especialistas, como modalidade benéfica à redução das varizes nas pernas. Se você quiser malhar. Malhe com a técnica perfeita, orientação de um personal trainer e aval dos seu especialista.

Quando se exercitar não é uma opção

Compreende-se que algumas circunstâncias impossibilitam a prática de exercícios físicos, principalmente quando a rotina se torna apertada, ou em viagens.

As dicas são:

  • Quando estiver sentando no escritório: faça a elevação das panturrilhas 20 vezes, assim promoverá a circulação venosa nas panturrilhas.
  • Quando estiver grávida ou em viagens: use calças de compressão, isso auxiliará na redução das varizes.
  • Evite salto alto: lógico em determinadas exceções você precisará deles. A recomendação é não os usar diariamente.

Como você viu se exercitar é uma bela solução para as varizes nas pernas. Para ter certeza que sua rotina de exercícios é adequada a você. Marque uma consulta com o Dr. Luís Fernando De Carvalho Bastos.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *